Entrevista com o artista plástico Luigi Di Mauro




O trabalho da UP Time Art Gallery é inspirar e fascinar através da Arte. Nossos artistas apresentam trabalhos que retratam nossas emoções, nossas causas, nossas vidas. O público sempre quer conhecer o artista por trás da obra. Quem é, como pensa? Que história de vida levou a esse trabalho?

Hoje conosco, Luigi Di Mauro!






Luigi é artista plástico autodidata e designer gráfico. Produz obras figurativas e abstratas, onde as cores dominam o visual. Nos figurativos, busca na simplicidade dos traços retratar o comportamento contemporâneo e as ações de preservação; enquanto em abstratos, ele tenta expressar conexões entre cores com formas orgânicas.

O Artista tem uma preocupação muito grande com o meio ambiente, em seus trabalhos procura destacar sua importância, produzindo peças com temática de preservação à natureza, principalmente da floresta Amazônica.




1. Você é italiano, se radicou brasileiro. Conte um pouco de sua história.

Meu “nonno” chegou ao Brasil em 1920. Artesão e entalhador de madeira dos bons, acredito que herdei a habilidade manual dele e daí para a arte, imagino que foi acontecendo muito naturalmente. Nasci aqui em São Bernardo do Campo, São Paulo em 1953 e tenho dupla cidadania.




2. Como e quando você descobriu seu talento na arte?

Desde o colégio persegui sempre o campo das artes, iniciando pelo desenho. Trabalhei como designer gráfico e ilustrador (tenho registro no Ministério do Trabalho como Jornalista na função de Ilustrador). Fiz cursos de desenho no Senac e pintura com o pintor Giancarlo Zanini, pintor italiano impressionista. Foi uma fase de aprendizado e com trabalhos de paisagem e figurativos (anos 1980 / 1990).





Amigos conectados à natureza - protegendo das queimadas

2020 | 80x100cm | 31x40 inches | tinta acrílica sobre tela




3. Quais são suas referências e inspirações para comporsua arte?

Em 2006 consegui conciliar e reduzir minha carga horária em Direção de Arte em uma empresa e retomei minha pintura, mas com um novo conceito que já vinha esboçando há algum tempo: o figurativo e o abstrato. Ambos caminharam juntos em simples formas pictóricas e comecei a me identificar após estudos que fiz sobre os trabalhos de Miró e Braque.




4. Como é o seu processo criativo e como definiu a sua linguagem artística?

Iniciei com figurativos minimalistas que retratavam vivências comuns e relacionamentos de amizade, meio ambiente (voltado para a preservação) e abstratos com formas orgânicas que me desafiam até hoje.




5. Quais foram as mudanças de linguagem que experimentou até chegar ao mais recente trabalho?


Minha pintura experimentou momentos de completa abstração e hoje está mais focada na abstração com formas orgânicas mais definidas, com cores que buscam um relacionamento com o espectador de forma a encantar e fazer uma introspecção e sentido contemplativo harmônico. Minhas telas retratam movimentos geralmente ordenados e com sentido que pode ser acompanhado e entendido pelo olhar de quem se propõe a observar.



Connected colors 19

2019 | 120x80cm | 47x21 inches | tinta acrílica sobre tela




6. Qual mensagem existe por trás de sua arte?

As mensagens que busco transmitir são: nas figurativas, o prazer da amizade sincera e felicidade no companheirismo, no encontro; no abstrato, a introspecção e felicidade na absorção das cores e movimentos das formas; e nas que falam de meio ambiente, a conscientização da importância de preservarmos a Natureza, pois é ela que garante nossa vida no planeta.




7. Na sua opinião, quais são os maiores desafios para um artista neste mercado tão polarizado?

Os artistas, de um modo geral, têm sempre uma força interior para criar o novo, se colocando sempre à frente para proporcionar novas sensações, intrigar a mente humana, inserir prazer, fomentar o sonho, difundir beleza, ordem e desordem ao mesmo tempo, com o propósito de despertar todos para se desvendarem no “ser” esquecendo um pouco do “ter”.





Green lives matter 01

2020 | 60x80cm | 24x31 inches | tinta acrílica sobre tela




Sobre a UP Time Art Gallery:

Galeria de arte itinerante que reúne artistas do Brasil e de países da Europa para disseminar o que há de melhor no cenário da arte contemporânea. Fundada por Marisa Melo, a galeria de arte alcança mais de 30 países ao redor do mundo, isso porque ela funciona em formato digital desde o seu nascimento, apresentando mundialmente exposições 3D e exposições regionais presenciais com um time de artistas distintos.

Sobre Marisa Melo:


Formada em Propaganda e Marketing, Moda e Fotografia. Empresária no Mercado de Arte, especialista em crítica de arte, Gestão de Negócios, Arte e Estética e Design Gráfico. Artista Visual, certificação em Liderança pela PUC, consultora de projetos Artísticos, produtora de mostras, curadora e redatora de textos curatoriais.

Nossos serviços:


Exposições virtuais, físicas nacionais e Internacionais, Feiras de Arte, Projetos, Catálogo do Artista, Consultoria para Artistas, Coaching, Construção de Portfólio, Posicionamento Digital, Branding, Marketing Digital, Pod Cast, Criação de Conteúdo, Identidade Visual, Biografia, Textos Crítico, Assessoria de Imprensa, Entrevistas e Provocações.



Shapes to feel

Tinta acrílica sobre tela, 72x47 cm | 28x17 inches | 2022






Moving to better days

Tinta acrílica sobre tela, 100x80cm | 40x20 inches | 2022




Saiba mais sobre o artista:

Instagram: @dimauro2584

http://www.luigidimauro.com.br/

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo