• Marisa Melo

Lu Monin: A capacidade e a coragem em reproduzir Dalí!


Quando vamos a um concerto, nosso coração bate mais forte nos solos. Quanto mais difícil a peça, mais vibramos. Adoramos quando virtuoses do violino interpretam peças barrocas que são o prazer de quem ouve e o desafio para quem toca. Trazendo até nós, com precisão, composições criadas há 300 anos. São intérpretes.

Na Pintura, temos a reprodução. Colecionadores pagam para que artistas com completo domínio na arte, solistas que em vez de violinos usam pincéis, reproduzem peças famosas, conhecidas do público. Onde cada mínimo detalhe será questionado.

Agora, imagine um músico que além de encarar as mais complicadas partituras também crie suas próprias obras? Alguém que não só reproduza, mas também crie.


Esse é o caso da artista visual Lu Monin. Além das reproduções, ela também cria suas próprias obras, cheias de personalidade. Sua habilidade faz com que a ela sejam solicitadas reproduções de artistas famosos e tão diversos quanto Picasso, Botero e Tarsila. Cada um tem características únicas, e cabe à artista traduzir com máxima fidelidade os tons, os contrastes, as pinceladas e a personalidade de cada mestre. O trabalho mais recente foi a obra “Sombras da Noite que cai” de Dalí. O desafio? Criar algo difícil de distinguir de um original criado pelo artista catalão, que tinha um domínio perfeito da técnica.


Mas é quando coloca essa habilidade a serviço de seu próprio estilo, que Lu Monin se supera. Sua “Menina de Azul”, por exemplo, é extraordinária. O Surrealismo da figura feminina sem rosto se associa a flores e à colagem e, como se não bastasse, há uma referência à arte romana, com o “Casamento entre Marte e Vênus ao fundo. Três referências artísticas. Onde são questionados o anonimato e a identidade da menina que não pode ver e a quem é negado o grito. Uma trama emocional a repetir em tempos modernos, os dilemas e sentimentos retratados desde a Antiguidade.


Dois trabalhos excepcionais. Com lugar para a técnica apurada e para a profundidade temática. Com espaço para a fidelidade ao existente e para a ousadia corajosa de reproduzir Dalí. Lu Monin compartilha em suas imagens, emoções sugeridas e recados implícitos.

No presságio da noite que cai.

Na simplicidade apenas aparente de uma fascinante menina de azul.



9 visualizações

Subscribe to our Newsletter

São Paulo - Brasil

Contato: 55 (11) 99724 0909

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Cinza ícone do YouTube

UP Time

UP Time Art Gallery@ 2019